v
_

Bibliografia

AGAMBEN, Giorgio. Profanações. São Paulo: Boitempo Editorial, 2007.

AGUIAR, Marígia Ana de Moura; SANTANA, Doralice Pereira de. Peleja Virtual: um novo gênero do discurso?. Artigo. Universidade Católica de Pernambuco.

BENJAMIN, Walter. “História literária, Hugo”. In: Passagens. São Paulo, Imprensa Oficial: 2009.

BOSI, Alfredo. Cultura Brasileira. São Paulo, Ed. Ática, 2010.

BRASIL, Aléxia Carvalho. Cordel digital. Dissertação (Mestrado em Comunicação e Semiótica) – PUC-SP, 2002.

CENTRO CULTURAL SÃO PAULO. Cordel em São Paulo: texto e ilustração. São Paulo: 1985.

DIZIOLI, Irene Gloe. Literatura de cordel: letra, imagem e corpo em diálogo. Dissertação (Programa de Estudos pós-graduados em literatura e crítica literária) – PUC-SP, 2009.

ELIAS, Norbert; SCOTSON, John. L. Os estabelecidos e os ousiders: sociologia das relações de poder a partir de uma comunidade; tradução Vera Ribeiro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor: 2000.

FERREIRA, Jerusa P. Cavalaria em cordel: O passo das Águas Mortas, São Paulo: Ed. Hucitec: 1979.

______________. Literatura das bordas. São Paulo: Ed. Ateliê Editorial: 2010.

GUARALDO, Laís. A poética Gráfica de Fernando Vilela (texto encaminhado via correio eletrônico pela autora). Lisboa: 2012.

LUYTEN, Joseph Maria. A Literatura de Cordel em São Paulo: saudosismo e agressividade. São Paulo: Edições Loyola: 1981.

______________. O que é literatura popular. São Paulo, Brasiliense: 1983.

NIETZSCHE, Friedrich. Sobre verdade e mentira no sentido extra-moral (Aforismo 1). In: Obras Incompletas. , Col. “Os Pensadores”. São Paulo, Abril Cultural: 1978.

RANCIERE, Jacques. A Partilha do Sensível. São Paulo, Editora 34: 2005.

WISNIK, José Miguel. “Ilusões perdidas”. In: Adauto Novaes (Org.). Ética. São Paulo, Companhia das Letras: 1992.

 

Sites:

AMORIM, Maria Alice. Existe um novo cordel? Imaginário, tradição, cibercultura. Disponível em:  http://www.cibertecadecordel.com.br/ (acesso em 08/11/2012).

FERREIRA, Jerusa Pires. Entrevista concedida à revista E. Disponível em: http://sescsp.org.br/sesc/revistas/revistas_link.cfm?Edicao_Id=403&Artigo_ID=6138&IDCategoria=7074&reftype=2 (acesso: junho de 2012).

HAURÉLIO, Marco. Literatura de Cordel em São Paulo. Disponível em: http://arcohaurelio.blogspot.com.br/2012/05/literatura-de-cordel-em-sao-paulo.html>. (acesso em: 01/05/2012).

LITERATURA de Cordel na Biblioteca Belmonte. Disponível em: <http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/bibliotecas/biblioteca_belmonte/cultura_popular/literatura_de_cordel/index.php?p=4685>

VILELA, Fernando. Entrevista concedida à revista Crescer. Disponível em: http://revistacrescer.globo.com/Crescer/0,19125,EFC1666893-5670,00.html  (acesso em 01/02/2012).

 

Share

Reply