v
_

Varneci, o humor

Varneci Nascimento é o humor em pessoa. Baiano de Bazaê, loiro de olhos claro, o poeta de 34 anos satiriza tudo. Para começar a apresentação no evento da Caravana do Cordel, ele subiu ao palco e disse devagar e com um sotaque arretado: “Olha, eu estou com preguiça de falar aqui, não quero me desgastar… É que eu sou baiano, sabe? Tenho preguiça. Não vou declamar poesia minha nenhuma, porque não sei de cor. Só sei a poesia dos outros. Tenho preguiça de decorar.” A plateia inteira caiu na risada. A ironia de Varneci é evidente.

O cordelista fez um discurso sobre a “Caravana do Cordel” e sobre o que é o cordel, a poesia metrificada e rimada, que veio lá da Europa pendurada em cordas – por isso o nome cordel. Varneci disse que hoje o cordel, ainda bem, é mais valorizado do que era há poucos anos, pois virou tema nas escolas e está, aos poucos, sendo publicado por editoras maiores. O cordel está saindo das margens, “Há poucos anos, as pessoas falavam que cordel era literatura menor, coisa de gente pobre, coisa de nordestino, coisa de analfabeto. Como é que é coisa de analfabeto se é poesia escrita?!” – Critica Varneci ainda com a fala lenta e em tom de graça. E ele continua: “Só porque vem do povo não é bom? Se a poesia não vier do povo, de quem mais pode vir?! Só porque é popular não é bom? Só a música popular brasileira que é valorizada, porque virou coisa cult. De resto, o popular fica de lado.”.

Como muitos outros cordelistas, Varneci reivindica pelo reconhecimento do cordel. Apesar de já ter vencido algumas batalhas, Varneci contou de uma professora que disse em sala de aula para os estudantes “Esse aqui é um cordelista. Faz poesia que não precisa de muito cuidado.”. Varneci quase mandou a professora para o inferno. E ele reclama, inconformado, que no dicionário Haurélio está escrito “Cordel: literatura de pouco ou nenhum valor”.

Depois da política, veio a graça solta. E Varneci passou a declamar seus versos de humor, seus versos sobre sexo, seus versos lindos, rimados e metrificados. Mas sempre, antes de declamar um poema, reclamava, brincando, que não queria mais falar, porque tinha preguiça.

“Ai, que preguiça!”, como diria o herói de nossa gente, Macunaíma.

Varneci Nascimento

Share

Credits

Sorry, there are no info for this photograph

7.173 comments to “Varneci, o humor”

 
  • landscaping design, 1 de dezembro de 2014 at 23:57

    So there’s a lot of mortgages, when you meet with this mortgage broker.

    So if you are home landscaping willing to do it.

    Let’s see how it works in my area, that home landscaping s not difficult to
    do. Joe: So this is the big variable — how many properties are going to be a little bit on. She also
    knows that when it comes to the term of your loan. That leaves $15,
    000 of interest that just goes out the door.

  • best dating sites, 24 de novembro de 2014 at 23:57

    Hi there it’s me, I am also visiting this web site on a regular basis, this web site is genuinely fastidious and the people are in fact sharing good thoughts.

  • Jeanna, 17 de outubro de 2014 at 23:57

    Tension headaches typically generate from the neck, shoulders and arms.
    Most of seo us are health-conscious. Of the 46 children in the study reported relief from back pain and can also create
    problem in body posture if it is a health care provider.
    You can turn to chiropractic.

Reply